domingo, 29 de janeiro de 2017

Esquecer..

Ah meu amor mas você jamais entenderia..simplesmente não faz ideia de onde esta querendo se meter.

Sou cheia das complicações,um poço de sentimentos e contos de fadas,embolada como várias linhas de lã que você jamais teria paciência  de desatar. 

Já lhe avisarei,que minhas tentativas de agir somente com a cabeça sem o uso do coração  sempre foram em vão.

Por isso..se não será capaz de lidar com toda a minha intensidade,escolho fingir que você nunca mexeu com minhas estruturas,nem fez me admirar sua foto por horas e horas.
  
Mas estou presa neste jogo..onde você usa me como uma peça de xadrez quando precisa,e não consigo parar de jogar pois você é o único nesta minha vontade de brincar.

E na nossa  brincadeira,sabemos que quem sairá queimado sou eu.

É que sempre  fui assim meu bem,de me entregar tão facilmente por inteira a quem eu quero,e no fim restar somente um coração partido e mil lembranças inúteis para atormentar a mente..  

Não é tão ruim quando se parece,pois nada acontece em vão,e de cada momento tiramos lições por nosso bem..mas sabe? 

Desta vez..não importa quantas vezes eu falhe em não pensar em ti quando ouvir aquele rap,quero esquecer teu nome antes mesmo de você ao menos lembrar se de mim..

Você é a pressa,eu sou a calma. 
Você é o prazer,eu sou sentimento. 
Você é a voracidade de um intenso par de olhos,eu sou a inocência de uma rosa sem espinhos. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário