sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Todas as horas.



As noites se repetem,das horas de céu escuro repleto de estrelas em que ainda desejo amanhecer com uma mensagem sua, e não perco aquela  mania boba  de olhar fotos suas na tentativa de aliviar a vontade de ter te por perto.
Madrugadas e manhãs iguais,em que o sono insiste a ir embora dizendo que dormir não é a solução para deixar te partir. Os dias seguem parecidos,levantar bem,saber estar feliz mas lembrar que falta apenas você para minha felicidade completa,durante alguns instantes enquanto as horas passam.
O tempo corre e não podemos deixar de viver por alguém que não nos leva para frente,mas mesmo sabendo disso sentimentos não podem ser controlados facilmente e leva se " um pouco de demora " para o coração se sarar totalmente. 
Enquanto isso,você continua sendo aquela pessoa em que fecho os olhos e peço " aos céus " aqui comigo quando vejo números iguais no relógio. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário