sábado, 29 de junho de 2013

sentindo / parte 5

Exibindo seus belos dentes e sua boca sedutora, ele olha em minha direção.

- Somos da mesma sala,e agora seremos vizinhos,certo?

Ele me pergunta.

- Eu achava que você nem me notava.

Com um meio sorriso eu digo. Foi a coisa certa a dizer mesmo?
Me senti como a solitária revoltada.

- Sempre notei a sua presença,e sempre tive vontade de lhe dizer ao menos "bom dia".

Sua frase me deixa um pouco vermelha.

- Mas agora terei essa chance todos os dias. Ah! e hoje a noite vai ter um luau naquela  praia perto daqui,se quiser ir.

Ele me entrega um bilhete azul.

- Agora tenho de terminar de carregar as caixas,espero que possa ir.

E de repente eu percebo as grandes chance que a vida parece me oferecer para se aproximar dele,e resolvo ir.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

7 da noite em ponto, e eu já estou pronta.
Usando meu vestido branco com detalhes dourados, alguns acessórios e uma sandália.
Anciosa  imaginando ele vestido de branco,eu saio de casa.
Mas alguns passos a frente,encontro ele acompanhado.
Com quem?. Ah,a deusa dos cabelos ruivos.
Um pouco decepcionada,chego a conclusão de que tudo oque eu imaginava não
passavam de ilusões bobas,sua intenção não era nada mais que ser um bom amigo.
Será que vou suportar ver ele com a sua suposta paixão a noite toda?









Nenhum comentário:

Postar um comentário